Seções
Você está aqui: Página Inicial Pós-graduação Educação Especial

Educação Especial

A atuação deste Programa tem sido presidida por princípios teóricos e filosóficos emanados da evolução conceitual e da definição de políticas para a Educação Especial, enquanto área de conhecimento e campo de atuação profissional, buscando contribuir, de maneira intencional e planejada, para a superação de uma Educação Especial equivocada: a que responsabiliza o deficiente ou o seu meio próximo pelas dificuldades de aprendizagem e de adaptação ao meio, exerce uma função segregadora e excludente, e atua contra os ideais de inclusão e integração social de portadores de deficiências e a garantia de sua plena cidadania. O PPGEEs pressupõe que é na existência de recursos humanos preparados (científica e conceitualmente) para identificar as armadilhas de concepções e procedimentos equivocados, que reside a possibilidade de alterar a realidade da Educação Especial no país. A literatura especializada aponta grandes avanços recentes mas ao mesmo tempo revela imensas lacunas no conhecimento relativo a problemas que envolvem os indivíduos especiais, suas famílias, a escola e a comunidade; problemas cuja solução depende de investigação científica e de intervenção que seja cientificamente embasada e avaliada. Perguntas em aberto na área abrangem questões relativas a características e potenciais de portadores de necessidades especiais, a procedimentos e estratégias de ensino efetivas e exeqüíveis, à construção de currículos significativos (incluindo a profissionalização e estratégias para sobrevivência autônoma), a tipos e modalidades de serviços apropriados e como torná-los acessíveis, a formas de envolvimento da comunidade, à organização escolar, às políticas públicas e à distribuição de recursos, entre outras. Passar dos planos e ideais para a realização requer conhecimento e prática. É preciso perguntar qual a prática necessária - e então perguntar qual o conhecimento necessário para fundamentar a prática. Esse é um exercício para a pesquisa científica, que requer um potencial instalado - em recursos humanos e em condições de trabalho, em constante operação. Um programa de pós-graduação que congregue as condições para a formação de mestres e doutores pode constituir este potencial.

 

Mais informações podem ser obtidas no site www.cech.ufscar.br/ppgees.htm

Ações do documento