Seções
Você está aqui: Página Inicial Laboratórios LECH - Laboratório de Estudos do Camportamento Humano

LECH - Laboratório de Estudos do Camportamento Humano

Laboratório de Estudos do Comportamento Humano

.:: Coordenador:
Júlio Coelho César de Rose

.:: Membros:
Camila Domeniconi, Deisy das Graças de Souza, Maria de Jesus Dutra Reis, Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil

 

   O LECH é vinculado ao Núcleo de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino (ECCE), do qual participam docentes e alunos da UFSCar e de quatro outras instituições brasileiras (UnB, USP, UNESP e UFPa). Com sede na UFSCar, o ECCE foi apoiado como um Núcleo de Excelência pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, no âmbito do PRONEX - Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (1998-2003) e do PRONEX/FAPESP (2004-2007). O foco do ECCE e, também, do LECH é a pesquisa experimental sobre processos simbólicos (integrada na Linha de pesquisa Análise Comportamental da Cognição). O laboratório fornece suporte para a condução de experimentos voltados para a produção de conhecimento sobre processos básicos nesta área. Este suporte consiste no espaço físico e equipamento necessário à condução de experimentos, além do espaço de intercâmbio e discussão entre pesquisadores, incluindo os pesquisadores em formação, que são os alunos de pós-graduação e de graduação que participam de atividades do laboratório. Além de pesquisas sobre processos básicos, também são desenvolvidas pesquisas que buscam a aplicação de conhecimento à solução de problemas sociais envolvendo a aquisição de sistemas simbólicos, como a aquisição da linguagem escrita por crianças de escolas públicas, com dificuldades de aprendizagem. Para isso o LECH conta com um espaço adicional, situado na Biblioteca Comunitária da UFSCar, onde está implantada uma sala de aula experimental (Unidade de iniciação à leitura) que atende à população alvo para a aplicação de programas de ensino esenvolvidos pelos pesquisadores do laboratório. Por meio da divulgação dos resultados obtidos em congressos e em publicações nacionais e internacionais, o grupo de pesquisadores do laboratório dialoga com a comunidade mais ampla que pesquisa o assunto. A difusão dos resultados de pesquisa, tornando acessíveis os conhecimentos produzidos, está também entre as finalidades do laboratório. O espaço físico do LECH atualmente é de 86 m² para o laboratório e 40 m² para a sala de aula experimental instalada na Biblioteca Comunitária; este laboratório será contemplado com novo espaço na área a ser construída, com 205 m² para o laboratório e 96 m² para a unidade de leitura. O espaço atual se distribui entre quatro cabines para coleta de dados, duas com sala de observação acoplada, uma ampla sala de seminários (com uma pequena biblioteca especializada), com bancadas para computadores para uso dos alunos (para análise de dados, elaboração de relatórios, preparação de apresentações em congressos e artigos, consultas e comunicações eletrônicas), salas individuais de trabalho, uma sala com oficina de edição de videoteipes, uma sala de espera para participantes de pesquisa e um almoxarifado (guarda de materiais e equipamentos). A maioria dos estudos emprega microcomputadores para o gerenciamento de procedimentos e o armazenamento de dados; o laboratório conta atualmente com 31 microcomputadores, 10 na plataforma Macintosh e 21 PCs, e três computadores portáteis; dispõe, também, de câmeras de vídeo (duas portáteis e três instaladas em rede com a oficina de edição), câmera fotográfica digital e um data-show. A oficina de edição conta com um conjunto de equipamentos especializados para a função, gerenciados por um microcomputador. O LECH também trabalha em parceria com o Hospital de Reabilitações Crânio-Faciais da USP de Bauru, que oferece importante suporte de infra-estrutura física, de pessoal e tecnológica para pesquisas sobre função simbólica de estímulos auditivos com usuários de implante coclear.
Ações do documento